Duas novas aranhas papa-moscas descritas da REGUA

Macho de Arnoliseus hastatus, uma das duas novas espécies de aranhas papa-moscas achadas na REGUA e descritas em fevereiro de 2020. O nome da espécie refere-se à enorme projeção da quelícera masculina , semelhante a uma haste, que em latim sugnifica 'lança'. (© André Almeida Alves)
Macho de Arnoliseus hastatus, uma das duas novas espécies de aranhas papa-moscas achadas na REGUA e descritas em fevereiro de 2020. O nome da espécie refere-se à enorme projeção da quelícera masculina , semelhante a uma haste, que em latim sugnifica ‘lança’. (© André Almeida Alves)

Como parte de sua pesquisa em andamento relativa ao inventario das aranhas e outros aracnídeos da REGUA, o Dr. Renner Baptista e seus alunos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) acabam de descrever duas novas aranhas saltadoras (Salticidae), popularmente conhecidas como ‘papa-moscas’, da reserva: Arnoliseus hastatus e Arnoliseus falcatus.

Ambas as espécies pertencem ao gênero Arnoliseus, englobando especies de aranhas-saltadoras brasileiras descritas apenas em 2002. Até ao momento, essas duas novas espécies são conhecidas somente na REGUA.

Essas adições elevam o número total de aranhas registradas na REGUA para umas surpreendentes 425 espécies, e Renner enfatiza que a riqueza de espécies na REGUA ainda está subindo rapidamente! Um ‘check-list’ (ou listagem) das espécies da REGUA será disponibilizada em nosso site brevemente.

Para ler o artigo que descreve as novas espécies, clique aqui.